Configurando as luzes


Essa é a primeira parte do nosso tutorial e nele vou explicar pra você os passos necessários para fazer uma cena interna usando o renderizador nativo do Render, o Blender Internal. A parte de configuração das luzes é a mais simples, mas em qualquer cena que você for fazer, você vai usar esse mesmo esquema de luzes. Mas enfim… Vamos ao que interessa e nós começaremos as configurações pela Area Lamp. Seleciona qualquer lâmpada Area e diminua o Dist para 1.0, assim o alcance da luz vai diminuir, e agora diminua o Energy e o Gamma para 0.5. Ative o RayShadow, para que ela produza sombras, e aumente os samples para 10. Felizmente, não precisaremos repetir isso em todas as lamps, pois o que a gente modificar no painel de uma vai ser aplicado a todas. Isso é chamado instâncias, ou links. Mais tarde, quando tivermos um render formado, vocês vão saber para qual fim essas lâmpadas estão ai.

area-painel

Agora vamos para a Sun. Selecione-a e ative o RayShadow e aumente o Energy para 1.7. É muito importante ativar o RayShadow nas lampadas, caso contrário o resultado pode ficar bem estranho. Mas as vezes o resultado pode ser interessante, quando for combinado com duas Sun, um com Rayshadow e outra sem. Voltando ao tutorial, diminua o Soft Size para 0.30 e aumente os Samples para 10. Agora vamos configurar o céu, clique na aba ao lado, chamada Sky/Atmosphere. Confira se seu painel está igual a imagem e aproveite localize a aba que eu disse.

sun-painel

Sobre os parâmetros do céu não tem o que falar, até porque eu não sei técnicamente dizer para você. Mas os valores são bem intuitivos, basta você saber um pouquinho de inglês. Enfim, configurei o céu igual como mostra a imagem abaixo, caso queira usar outros valores fique a vontade. Depois de alguns testes com meu Blender, alguma coisa deu errado! Então caso precise, troque de Mix para Add, pois com a opção Add o meu Sky fica todo branco. Completamente. Vale lembrar que o Sky não altera na iluminação! Somente o atmosphere.

sky-painel

Pronto. Se você renderizar agora, vai ter esse resultado. Mas cuidado com as configurações de render, pois o tempo de render pode demorar bastante por causa do tapete, (que aumenta o numero de vértices a quase 2 milhões!) e do numero de Samples das Area Lamps.

cena1png

Mesmo sem AO a cena ficou muito bem iluminada, isso porque nós temos várias luzes do tipo Area atuando na cena.  Agora iremos configurar o AO para clarear a cena, pois ela está um tanto quanto escura. Em renderizadores mais sofisticados, a Skylight (Luz do céu) já vem como uma opção a ser usada… No caso do Blender não. Temos que usar Areas nas janelas para simular isso. As sombras produzidas pelas Area Lamps são características da sombra produzida pelo luz do céu. Então sempre que for usar Blender Internal, use Area Lamps para simular a luz que vem do céu. No caso de externa o negócio fica um pouco mais engenhoso… É preciso usar Domo de luz. Clique aqui e veja um comentário de um usuário sobre como fazer o domo de luz.

link-tutoriais1

Iluminação com o Blender Internal – Básico – Tradução de um tutorial sobre os parâmetros de cada lâmpada do Blender.

Sun, Sky/Stmosphere – Tutorial no Blender.org falando sobre esse novo parâmetro que foi adicionado na ultma versão do Blender.

Soft shadows e Area lights – Tutorial falando mais um pouco sobre a Area light e as suas sombras.

Reflexões/Refrações borradas – Tutorial falando sobre reflexões e refrações borradas.

Hair/Fur – Aqui é uma descrição de cada valor no novo sistema de particulas do Blender.

Próxima página >

%d blogueiros gostam disto: